Dividido

Um homem de 26 anos apresenta insônia há 7 dias e loquacidade excessiva e irritabilidade até o ponto de cometer agressão há 10 dias.

Afirma ser um importante conselheiro do diretor executivo de sua empresa e culpa sua mulher por impedi-lo de participar do trabalho. Contudo, o seu papel real é de operador de introdução de dados. Não há histórico de alucinações auditivas ou visuais.

Apresentou um episódio semelhante de comportamento anormal há 2 meses, que durou cerca de uma semana. Subsequentemente, ficou retraído e triste por várias semanas depois. Atendimento médico não foi procurado na época.

Seu histórico familiar é significativo para suicídio de um tio materno aos 30 anos. A causa de base, se houver alguma, é desconhecida.

Só bebe socialmente e nega veementemente abuso de drogas. A interrogação adicional de sua família confirma suas afirmações.

Selecionar Exames Relevantes
Perfil Tireoidiano

Realizados

TSH: 2,7 mIU/L (0,4 - 4,0)
T3 livre: 144 ng/dL (100 - 200)
T4 livre: 5,7 mcg/dL (4,5 - 11,2)
Glicemia Plasmática de Jejum

Realizados

Glicose plasmática de jejum: 98 mg/dL (70 - 100)
Provas de Função Renal

Realizados

Creatinina sérica: 0,9 mg/dL (0,7-1,3)
Ureia sérica: 12 mg/dL (6 - 20)
Eletrólitos Séricos

Realizados

Na+: 139 mEq/L (135 - 145)
K+: 4,8 mEq/L (3,5 - 5,5)
Cl--: 99 mEq/L (96 - 106)

Selecionar Manejo Relevante
Lorazepam
Lítio
Eletroconvulsoterapia
Olanzapina