Traumatizado

Um soldado de 22 anos queixa-se frequentemente de ter pesadelos, que o despertam causando uma sensação de perigo. Ele também tem crises recorrentes de raiva durante o dia.

Esses sintomas datam da época de seu retorno do Afeganistão há 2 semanas. Durante seu serviço militar, ele esteve em múltiplos tiroteios e testemunhou muitos corpos mortos e mutilados.

Após alguns questionamentos, revelou que ocasionalmente vêm à mente memórias (flashbacks) de eventos traumáticos, e que tenta a qualquer custo evitar pensar em suas experiências de guerra. Também perdeu o interesse em suas atividades diárias e afirma que, muitas vezes, se sente isolado dos outros.

Atualmente, consome álcool de 3 a 4 vezes por semana, tomando até 6 bebidas de cada vez. Afirma que isso o ajuda a "esquecer aquilo por que passou". Antes disso, só bebia socialmente. Nega veementemente uso de substâncias controladas.

Seus históricos clínico e cirúrgico não são dignos de nota e não há histórico de problemas psicológicos ou de doenças psiquiátricas. Contudo, seus antecedentes familiares são positivos para transtornos por uso de álcool e depressão.

Selecionar Exames Relevantes
Pontuação no AUDIT

Realizados

O teste de identificação de distúrbio de uso do álcool (AUDIT) apresentou resultado total de 15/40. Pontuação de dependência de 3/12.
TC de Crânio

Realizados

A TC do cérebro parece completamente normal.
Provas de Função Hepática

Realizados

Bilirrubina total: 0,7 mg/dL (<1,2)
Bilirrubina direta: 0,08 mg/dL (<0,2)
AST ou TGO: 48 U/L (10-45)
ALT ou TGP: 65 U/L (10-45)
GGT: 78 U/L (0-60)
Rastreio de Drogas na Urina

Realizados

O rastreio de drogas na urina é negativo para substâncias controladas, mas é positivo para álcool.

Selecionar Manejo Relevante
Terapia Cognitiva Comportamental
Flufenazina
Clordiazepóxido
Clonidina