Sinistro

Um jovem de 15 anos apresentou-se com dor persistente e incômoda acima do joelho direito há 3 meses, que piora durante a noite. A dor começou depois que escorregou e caiu no chão. Seus movimentos não foram afetados.

De qualquer forma, está assintomático com um histórico médico incaracterístico.

Seu hemograma foi considerado normal, embora o VHS tenha sido de 13 mm na primeira hora.

Selecionar Exames Relevantes
Radiografia de Fêmur Direito

Realizados

Observa-se uma lesão mista, lítica e esclerótica, na metáfise distal do fêmur. Não há massas de tecidos moles ou ossificações.
Ressonância Magnética de Membro Inferior Direito

Realizados

A ressonância magnética mostra uma área de sinal de intensidade anormal na metáfise femoral distal, juntamente com uma pequena massa de tecido mole. A epífise e o feixe neurovascular parecem normais. Não há lesões satélites nem lesões salteadas.
Biópsia Incisional

Realizados

Uma biópsia em cunha foi obtida. A análise histológica demonstra células fusiformes atípicas com mitose anormal, formando uma matriz óssea. Há infiltração muscular presente.
TC de Tórax + Cintilografia Óssea

Realizados

A TC de tórax está normal. A cintilografia óssea mostra apenas uma área de maior captação no fêmur distal, que é congruente com a lesão identificada previamente.

Selecionar Manejo Relevante
Iniciar Antibióticos IV
Iniciar Esteroides
Radioterapia
Ressecção Cirúrgica