Assustador

Uma mulher de 23 anos de idade procura ajuda médica após descobrir um nódulo indolor em sua mama direita durante um autoexame. Seus históricos clínica e cirúrgico não são dignos de nota, e não há histórico de trauma.

A paciente é nulípara; teve sua menarca aos 13 anos e seus ciclos menstruais são regulares. Não há histórico familiar de câncer de mama.

Selecionar Exames Relevantes
Ultrassonografia da mama direita

Realizados

O exame revela uma massa sólida, oval, bem circunscrita no quadrante superior lateral, medindo 1,7x2,2 cm, com um contorno preciso e homogêneo e uniformemente hipoecogênica.
Mamografia

Realizados

A mamografia mosta uma massa ovoide bem circunscrita no quadrante superior lateral medindo 1,7x2,2 cm, hipodensa em relação ao tecido glandular.
Aspiração com agulha fina e citologia

Realizados

A citologia do aspirado com agulha fina revela núcleos estromais bipolares avulsos abundantes, cercando camadas de células epiteliais metacromáticas, organizadas em um padrão de 'chifre de veado'.
Biópsia com agulha Tru-Cut

Realizados

A biópsia mostra hiperplasia de ambos os componentes do estroma e do epitélio, com uma proliferação do estroma intralobular comprimindo o epitélio (padrão peri-canalicular); não há atipia citológica e a membrana basal está intacta.

Selecionar Manejo Relevante
Quimioterapia
Radioterapia
Oferecer excisão
Oferecer mastectomia