Dedo Preto

Um homem de 58 anos apresentou dor e alteração de coloração do seu dedo mínimo do pé direito há 1 semana, em um contexto de dispneia aos esforços, fatigabilidade e cefaleias intermitentes há 4 meses. Não há outros sintomas presentes.

Seus antecedentes pessoais são desconhecidos e nunca fumou. Em exames de rotina recentes, glicemia capilar, perfil lipídico, funções hepática e renal, ECG, radiografia de tórax e ecocardiografia encontram-se normais.

Selecionar Exames Relevantes
Hemograma

Realizados

Leucócitos: 14.500/mm³ (N:73%)
Hb: 18,5 g/dl
Hct: 60%
Plaquetas: 846.000/mm³
Esfregaço sanguíneo: eritrocitose normocítica normocrômica, neutrofilia com desvio à esquerda e trombocitose com plaquetas de morfologia normal. Não há células anormais.
Ultrassonografia Abdominal

Realizados

A ultrassonografia do abdome demonstra esplenomegalia mínima. Sem outras anormalidades presentes.
Biópsia da Medula Óssea

Realizados

A biópsia da medula óssea mostra uma medula hipercelular com proliferação eritroide, granulocítica e megacariocítica proeminente. Não foram observadas células anormais.
Dosagem de Eritropoietina

Realizados

O nível de eritropoietina sérica é de 2,3 mU/mL (intervalo de normalidade: 4,3 a 32,9).

Selecionar Manejo Relevante
Terapia Antiplaquetária
Antibióticos
Flebotomia
Esteroides