Perturbada

Uma mulher de 21 anos é trazida 25 minutos após apresentar tonturas e sensação de palpitação em seu tórax.

O ECG monitorado pelo primeiro atendimento revelou uma taquicardia ventricular polimórfica, que diminuiu espontaneamente. O episódio inteiro durou cerca de 10 minutos.

Apresentou 2 episódios similares ao longo dos últimos 3 dias, embora nenhum fosse tão grave. Todos eles duraram alguns minutos no máximo.

Ela tem 2 semanas de puerpério, tendo dado à luz um bebê saudável por via vaginal, após uma gravidez sem complicações.

Seus históricos clínico, cirúrgico e familiar são completamente incaracterísticos, e ela não está fazendo uso de qualquer medicamento. Não bebe ou fuma.

Selecionar Exames Relevantes
ECG

Realizados

O ECG está em um ritmo sinusal, com uma taxa de 85 bpm. A onda P e o complexo QRS estão morfologicamente normais, mas, em todas as derivações, as ondas T são de baixa amplitude. Não se observaram ondas U. O intervalo PR está de comprimento normal, enquanto o intervalo QT é de 420 milissegundos. Os ECGs seriados não revelaram alterações dinâmicas.
Eletrólitos Séricos

Realizados

Os níveis séricos de Na+, K+, Cl-, Ca++ e Mg++ estão todos dentro dos parâmetros de normalidade.
Ecocardiograma

Realizados

Não há lesões estruturais ou valvulares ou anormalidades de mobilidade da parede. A fração de ejeção é > 70%.
RM Cerebral

Realizados

A RM cerebral não revela anormalidades.

Selecionar Manejo Relevante
Aspirina
Beta-bloqueadores
Rastreamento Familiar
Implantação de CDI