Provocado

Uma mulher de 42 anos se apresenta com menstruações irregulares desde 1 ano atrás, associadas à perda de 10Kg de peso durante este período, apesar de não ter mudado sua alimentação. Ela também se queixa de insônia, fatiga e cefaleia leve, intermitente e generalizada.

Seu histórico clínico, cirúrgica e familiar é normal, e ela não faz uso de qualquer medicação. Todavia, ela é uma etilista de grande carga alcoólica desde 20 anos atrás, consumindo de 2 a 3 unidades de álcool por dia. Não há histórico de tabagismo ou de uso de drogas ilícitas.

Um hemograma completo e uma glicemia de jejum estão dentro da normalidade, mas seu perfil lipídico revela um LDL elevado de 117mg/dL e um HDL baixo de 37mg/dL.

Selecionar Exames Relevantes
Função Renal e Hepática

Realizados

Ureia sérica: 23mg/dL (<50)
Creatinina sérica: 0,4mg/dL (<1,5)

Bilirrubina total: 1,1 mg/dL (<1,0)
ALT: 46U/L (<40)
AST: 35U/L (<35)
FAL: 132U/L (<140)
GGT: 420U/L (<45)
RNI: 1,0 (0,9-1,1)
Perfil Tireoidiano + Exame de Hormônio do Crescimento

Realizados

Perfil tireoidiano: TSH, T3 livre e T4 livre estão normais.
Hormônio do crescimento: dentro do nível da normalidade.
Teste de Supressão com Dexametasona em Baixa Dose

Realizados

Após administrar 1mg de dexametasona, o cortisol sérico matinal foi de 0,58 µmol/L (<0,05).
Cortisol Livre na Urina de 24 Horas

Realizados

Cortisol urinário livre de 24 horas: 549 nmol/24h (55-250)
O exame é repetido: o novo valor é de 510 nmol/24h.

Selecionar Manejo Relevante
Cessar o Consumo de Álcool
Cirurgia Transesfenoidal
Análogos da Somatostatina
Cetoconazol