Disseminado

Uma mulher de 37 anos grávida de 30 semanas, em sua primeira gestação, se apresenta com forte dor abdominal e sangramento vaginal profuso há 45 minutos.

Sua gestação estava progredindo bem até agora. Não há história pessoal ou familiar de tendência a sangramento, e sua história médica não tem nada digno de nota.

Uma cardiotocografia (CTG) mostra uma frequência cardíaca basal de 170 bpm e 6 contrações uterinas em 10 minutos. Não são observadas desacelerações.

Um ultrassom demonstra placenta anterior parcialmente separada com hemorragia intraplacentária.

Selecionar Exames Relevantes
Hemograma

Realizados

Leucócitos: 11.600/mm3 (4.000-11.000)
N: 76% (50-70)
L: 21% (20-40)
Hb: 7,4 g/dL (11,5-17,5)
Hematócrito: 22,2% (36-44)
Plaquetas: 42.000/mm3 (150.000-400.000)
Tipagem sanguínea e prova cruzada

Realizados

Grupo sanguíneo: O positivo
Há 4 unidades de sangue compatível
Perfil de coagulação

Realizados

TTPa: 93 segundos (30-40)
TP: 40 segundos (10-12)
Fibrinogênio: 146 mg/dL (373- 619 no 3° trimestre)
Dímero-D

Realizados

Dímero-D: 8.805  ng/mL (≤250)

Selecionar Manejo Relevante
Cesárea de urgência
Transfusão sanguínea
Corticoesteroides agora
Proteína C recombinante agora