Frequente

Uma mulher de 53 anos se apresenta com sede excessiva e aumento da frequência urinária há 3 meses. Ela dorme mal e tem que urinar pelo menos duas vezes toda noite.

Seus históricos médico, cirúrgico e familiar são normais.

A glicemia de jejum plasmática é de 80 mg/dl. Hemograma completo, função renal, sódio sérico, potássio, níveis de cloreto e cálcio e níveis séricos de ácido úrico estão dentro dos parâmetros de normalidade.

Selecionar Exames Relevantes
Volume urinário de 24 horas

Realizados

O débito urinário foi de 4L/24h, com uma densidade específica de 1,000 (normal: 1,002-1,030).
Osmolidade urinária aleatória

Realizados

A osmolidade urinária aleatória é de 106 mosmol/lg (normal: 300-900)
Teste de privação hídrica

Realizados

Após 12 horas de privação hídrica, a osmolalidade urinária é de 152 mosmol/ kg (normal > 600). Uma injeção de desmopressina é administrada e o teste repetido; com o seguinte resultado, osmolalidade urinária de 846 mosmol/kg.
RNM de crânio

Realizados

Ausência da hiperintensidade normal da hipófise posterior é observada nas imagens em T1. O restante da glândula hipofisária e sua haste estão normais. Nenhuma outra anormalidade é observada.

Selecionar Manejo Relevante
Desmopressina
Indometacina
Carbamazepina
Dieta hipersódica