Distendendo

Um homem de 44 anos se apresenta com piora de dispneia aos esforços e fatigabilidade há 6 meses, que agora progrediu para dispneia em repouso. Ele também se queixa de ortopneia e dispneia paroxística noturna, mas nega outros sintomas.

Seu histórico clínico não é digno de nota, e não há histórico familiar de doença cardíaca. Ele é um etilista importante, tendo consumido 10 doses por dia nos últimos 20 anos. Seu hemograma completo mostra macrocitose e uma trombocitopenia leve.

Selecionar Exames Relevantes
Ecocardiograma

Realizados

O ecocardiograma mostra dilatação de todas as quatro câmaras cardíacas, mas com espessura parietal normal. A contratilidade cardíaca está globalmente reduzida, com fração de ejeção de 29%. Há regurgitação mitral e tricúspide moderada. Não são visualizados trombos murais.
Anticorpos para HIV e Doença de Lyme

Realizados

Doença de Lyme: negativo
HIV: negativo
VHS e FAN

Realizados

VHS: 10mm na primeira hora
FAN: negativo
Painel Tireoidiano

Realizados

TSH: 3,4 mIU/l (normal)
T3 livre: 3,7 pg/mL (normal)
T4 livre: 1,3 ng/l (normal)

Selecionar Manejo Relevante
Diuréticos Urgente
Corticoesteroides
Anticoagulação
Implante de DCI