Estreito 2

Uma senhora de 42 anos de idade se apresenta com dispneia aos esforços e fadiga há diversos meses.

Seus antecedentes pessoal e familiar são normais, e ela não faz uso de qualquer medicamento.

Seu hemograma completo, perfis renal e hepático, e VHS são todos normais.

Selecionar Exames Relevantes
ECG

Realizados

O ECG apresenta alterações sugestivas de hipertrofia ventricular esquerda.
Radiografia de tórax

Realizados

A aorta revela um proeminente sinal da figura do 3. As costelas possuem entalhes bilateralmente.
Ecocardiograma

Realizados

O fluxo sanguíneo na aorta descendente é turbulento e possui uma velocidade maior do que a da aorta ascendente. Uma hipertrofia ventricular esquerda moderada e uma disfunção diastólica estão presentes. Não são identificados defeitos estruturais do coração. A fração de ejeção é de 58%.
Angioressonância

Realizados

A angioressonância revela uma constrição em um segmento de 10cm da aorta, imediatamente distal à artéria subclávia esquerda. São identificados diversos vasos colaterais que conectam a circulação sistêmica superior e inferior.

Selecionar Manejo Relevante
Aspirina
Esteroides
Broncodilatadores
Correção Cirúrgica