Ombro frio

Uma mulher de 64 anos se apresenta com dor e rigidez em ambas as cinturas escapulares há 3 meses.

Estes sintomas se apresentam ao despertar, e duram algumas horas até diminuírem gradualmente. Ela notou que a rigidez tende a diminuir com atividade leve e a aumentar com repouso prolongado.

A paciente se queixa ainda de perda de peso gradual durante o período e sensação constante de fadiga.

Seu histórico médico não tem nada digno de nota e ela não usa nenhuma medicação. As radiografias dos ombros parecem normais.

Selecionar Exames Relevantes
VHS + PCR

Realizados

VHS: 82 mm/1h (<20)
PCR: 15 mg/dL (0-1,0 mg/dL)
CPK

Realizados

CPK sérica: 70 U/L (22-198)
Hemograma completo

Realizados

Leucócitos: 8.000/mm3 (4.500-11.000)
Hb: 14,0 g/dL (11 - 18)
Plaquetas: 380.000/mm3 (150.000 - 400.000)
Investigação de autoanticorpos

Realizados

ANA: negativo
DNA-ds: negativo
Fator reumatoide: negativo
Anti-CPA: negativo

Selecionar Manejo Relevante
Corticosteroides
Analgésicos
Agentes anti-TNF
Vitamina D e cálcio