Explosiva

Um homem de 35 anos apresenta diarreia aquosa e náuseas há 4 semanas.

Nesse período, seu hábito intestinal se alterou de uma evacuação diária para 4 a 6 por dia, com odor fétido, fezes amolecidas, urgência e associação com cólicas abdominais.

Ele teve uma perda ponderal de 8 kg no mesmo período.

Os sintomas se iniciaram aproximadamente 1 semana após retornar de uma viagem de férias à Turquia, onde ele foi acampar e bebeu água de uma fonte natural.

Seus antecedentes médicos pessoais são irrelevantes, mas seu histórico familiar tem como dado importante uma irmã com doença celíaca.

Selecionar Exames Relevantes
Exame microscópico das fezes

Realizados

Exame à fresco negativo para leucócitos, eritrócitos e trofozoítos.
Exame parasitológico negativo.
Coprocultura e imunoensaio

Realizados

Positivo para Giárdia.
Negativo para bactérias de rotina; antígenos de rotavírus/adenovírus e Clostridium difficile negativos.
Antígeno de Cryptosporidium não detectado pela imunocormatografia de fluxo lateral (IFL).
Sorologia de anticorpos da doença celíaca

Realizados

Anticorpo anti-endomísio IgA: negativo
Antigliadina IgA: negativo
tTGA (anti-transglutaminase tecidual IgA): negativo
Endoscopia e biópsia duodenal

Realizados

Sem características macroscópicas de doença celíaca.
Exame histopatológico indicativo de atrofia vilosa parcial.
Sem hiperplasia de criptas ou linfócitos intraepiteliais.
Colonização intensa por trofozoítos de G. lamblia.

Selecionar Manejo Relevante
Metronidazol
Restrição de Glúten na Dieta
Orientação de Higiene
Isolamento