Intermitente

Uma mulher de 50 anos se queixe de febre baixa intermitente por 6 semanas, associada à fadiga, sudorese noturna, perda de apetite e perda de peso.

Uma anamnese minuciosa revela uma distensão progressiva do seu abdome nos últimos 6 meses. Fora isto ela está assintomática.

Ela viveu nos Estados Unidos por toda a sua vida e nunca viajou para o exterior.

Selecionar Exames Relevantes
Hemograma Completo + Esfregaço de Sangue Periférico

Realizados

Leucograma: 140.000/mm3 (4.600-11.000)
Hb: 6,5 mg/dL (11-18)
VCM: 84,1 (75-95)
HCM: 24,7 (24-32)
Plaquetas: 34.000/mm3 (150.000-450.000)

O esfregaço de sangue periférico revela uma anemia normocítica normocrômica e trombocitopenia. Os leucócitos estão acentuadamente aumentados, com 20% de mieloblastos, 20% de promielócitos, 30% de linfócitos, 20% de neutrófilos maduros e 4% de bastões.
Ultrassom de Abdome

Realizados

O ultrassom confirma a presença de hepatoesplenomegalia. Não há liquido livre presente.
Biópsia de Medula Óssea por Aspiração

Realizados

O exame da medula óssea revela uma medula hipercelular. As linhas eritrocitárias são normais, mas os megacariócitos estão reduzidos. As séries mieloides estão marcadamente aumentadas em 45% de mieloblastos, 30% de promielócitos, 12% de neutrófilos maduros, 2% de linfoblastos e 2% de bastões. A razão mieloide:eritroide é de 9:1.

A citometria de fluxo revela a presença de blastos mieloides. Os estudos citogenéticos das células da medula óssea revelam uma translocação recíproca do 22q para o braço pequeno do 9 e 9q.
Esfregaço de Sangue Periférico para Malária

Realizados

Tanto os esfregaços fino e grosso são negativos para parasitas da malária.

Selecionar Manejo Relevante
Inibidores da Tirosina Cinase
Bussulfano
Transplante de Medula Óssea
Radioterapia